Use lajes-cogumelo em estruturas de concreto Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro

O artigo ensina como usar lajes-cogumelo em estruturas de concreto. O autor também explica sobre a resintência à punção. Aprenda como lidar com esse material.

CMR do pilar m. de construçao ltda
(21) 7886-8175
r. silva cardoso lt.8 qd.8
d. caxias, Rio de Janeiro
 
Torre de Guarus Mateirial de Constr Ltda
(222) 748-1595
r Munic, 13
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
 
Depósito Campista de Materiais de Construção Ltda
(222) 722-8266
r Gil de Góis, 21
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
 
Bazar de Mat de Constr Ebisu
(222) 748-1627
rdv BR KM, 14
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
 
GR 101 Diesel
(222) 723-1544
r Padre Carmelo, 477, Parque Califórnia
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
 
PESSOA FISICA.QUERO COMPRAR UMA MAQUINA DE FAZER BATATAS FRITAS
2126064684....21 86001287
VALDI DOS SANTOS 705 QRADRA 01 CASA 12 ENGENHO PEQUENO SAO GONÇALO
SAO GONÇALO, Rio de Janeiro
 
Flavio Auto Peças
(222) 732-7373
av 15 Novembro, 751
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
 
Akru Andaimes
(222) 733-2875
r Ar, 179
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
 
Ae T Mat de Constr Ltda
(222) 723-3686
r São João da Barra, 159, Parque Guarus
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
 
Manoel R Martins
(222) 723-3047
r Teix Freitas, 115
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
 

Use lajes-cogumelo em estruturas de concreto

1 – INTRODUÇÃO

1.1 – ASPECTOS GERAIS

A utilização de lajes-cogumelo em estruturas de concreto tornou-se habitual nos últimos anos devido à simplicidade, economia de tempo, execução e custos, assim comoà flexibilidade de utilização dos espaços construídos.

Entre as possíveis vantagens desse tipo de estrutura podem-se citar:

- A ausência de vigas proporciona a diminuição dos recortes, ocasionando maior agilidade no processo construtivo e redução de custo;
- Maior simplicidade no arranjo das armaduras de flexão e, conseqüentemente, maior facilidade de execução, possibilitando também o uso de telas soldadas;
- Redução da possibilidade de ocorrência de falhas devido à maior facilidade no lançamento, adensamento e desforma do concreto;
- Redução da altura total do edifício, possibilitando aumentar o número de pavimentos.

Com base nos resultados disponíveis na literatura, quando comparadas às lajes usuais, apoiadas em vigas, as lajes-cogumelo podem apresentar maiores deslocamentos verticais para um mesmo vão. Torna-se necessário, então, um aumento na espessura da laje cogumelo para que o valor da flecha seja o mesmo de uma laje convencional. A estabilidade global da estrutura pode diminuir, devido à ausência de vigas, sendo necessário vincular a laje a núcleos rígidos ou paredes estruturais.

Na região de ligação laje e pilar em lajes-cogumelo, verificam-se elevadas tensões originadas pelos esforços de flexão e de cisalhamento, que podem provocar ruptura por punção da laje, com uma carga inferior à de flexão. A ruptura por punção pode ocorrer sem nenhum aviso prévio e de forma frágil.

A resistência à punção é um fator importante no dimensionamento desse tipo de laje, sendo freqüentemente um fator condicionante para a definição da espessura da laje, da geometria dos pilares, da resistência à compressão do concreto, do uso de capitel ou do uso de
armadura de cisalhamento.

A resistência à punção de lajes-cogumelo sem armadura transversal, segundo várias normas (ACI-318 (2005), CEB-FIP MODEL CODE (1991), EUROCODE 2 (2004) e 2 NBR 6118 (2003)) é avaliada a partir da tensão nominal de cisalhamento em uma dada
superfície de controle, que deve ser menor ou igual a uma tensão limite calculada em função da resistência característica do concreto à compressão, e outros parâmetros como geometria do pilar, taxa de armadura de flexão e espessura da laje.

Nas lajes-cogumelo com de armadura de cisalhamento, a avaliação da resistência à punção é feita somando-se a parcela resistente da armadura transversal à do concreto.

Faça o download completo desta dissertação para continuar lendo.

Clique aqui para ler este artigo na WebArtigos.com