Recuperação de Perdas da Poupança Ji-Paraná, Rondônia

O artigo descreve como requerer o ressarcimento relativo as cardenetas de poupança, retidas durante a execução do plano Collor. Os bancos são obrigados a fornecer o extrato que servirá de base para calcular os vencimentos e iniciar o processo de recuperação dos valores. Conforme o autor, esse é um procedimento simples de ser cumprido.

ADVOCACIA
(69) 9258-9263
Rua Getúlio Vargas, 1921, Nossa Sra. Das Graças
Porto Velho, Rondônia
 
Marcos Araujo & Marcos Metchko Advogados Associados
(69) 3043-0320
r Joaquim Nabuco, 1889, Areal
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Advogacia
(69) 3221-0070
Rua Marechal Deodoro, nº 924
Porto Velho, Rondônia
 
Marilene Mioto - Advogados Associados
(69) 3221-4414
av Calama, 2300, Sl 8, São João Bosco
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Josimar Muniz e Associados - Advocacia e Consultoria S/c
(69) 3221-0915
av Guanabara, 2848, Liberdade
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Costa e Reis Advogados Associados
(69) 3223-7529
r Tenreiro Aranha, 2365, Sl 2, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Mauricio Lara & Advogados Associados
(69) 3221-9337
av Campos Sales, 2884, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Miralha e Lacouth Advogados Associados
(69) 3223-3136
r Herbert de Azevedo, 762, Arigolândia
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Fonseca, Assis & Reis - Advogados Associados
(69) 3224-1588
r Joaquim Nabuco, 1774, Areal
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Curi Advogados Associados S/c
(69) 3224-3834
av Lauro Sodré, 1108, Sl 3, São João Bosco
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Recuperação de Perdas da Poupança

Todo poupador que mantinha conta em caderneta de poupança à época dos planos, Verão (Janeiro de 1989), Plano Collor I (Março, Abril e Maio de 1990), Collor II (Fevereiro e Março de 1991), tem direito de cobrar diferenças junto aos bancos. 

Se você tinha valores depositados em cadernetas de poupança nos períodos de 1989, 1990 e 1991, tendo tais contas, data-base até o dia 15 de cada mês (ou seja, o chamado 'dia de aniversário', onde era creditada a remuneração mensal pelo banco na poupança), atente-se, você tem valores a receber dos respectivos bancos

Isso porque, os bancos remuneraram os poupadores em percentuais inferiores aos reconhecidos pela Justiça, gerando, portanto, diferenças em favor dos titulares das citadas contas.   

O procedimento para cobrar essas diferenças, não é dos mais complicados. 

Basta ter acesso aos extratos bancários dos citados períodos. 

Para os anos de 1989 e 1991, necessitam-se dos extratos correspondentes aos meses de janeiro, fevereiro e março. Para o ano de 1990, necessário se faz, a obtenção dos extratos dos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. 

O interessado deve se dirigir ao banco no qual era – ou é – poupador e solicitar tais extratos. 

Caso não se recorde onde tinha suas contas, procure checar nas declarações do seu 'imposto de renda'. Provavelmente nestas, você encontrará a discriminação da(s) conta(s) na(s) qual(is) era titular.  

Os bancos são obrigados a fornecer os extratos! Dependendo do banco, o fornecimento varia de 7 (sete) à 30 (trinta) dias. 

E via de regra, os bancos fornecem ao interessado um 'protocolo' correspondente a um comprovante de solicitação.

Fonte: www.acpcontabil.com.br

Clique aqui para ler este artigo na WebArtigos.com