Recuperação de Perdas da Poupança Fortaleza, Ceará

O artigo descreve como requerer o ressarcimento relativo as cardenetas de poupança, retidas durante a execução do plano Collor. Os bancos são obrigados a fornecer o extrato que servirá de base para calcular os vencimentos e iniciar o processo de recuperação dos valores. Conforme o autor, esse é um procedimento simples de ser cumprido.

Maria AB Raupp
(85) 231-3911
r Pedro Borges, 33, sl 1110, Centro
Fortaleza, Ceará
 
Wettor Marcas e Patentes
(85) 272-0006
av Luciano Carneiro, 99, Fátima
Fortaleza, Ceará
 
Marca Certa
(85) 244-6095
r Joaquim Nabuco, 2336, Meireles
Fortaleza, Ceará
 
Fernando G Chaves
(85) 226-5636
r José Gomes de Moura, 91, ap 1501, José Bonifacio
Fortaleza, Ceará
 
Cezar O Sobreira
(85) 264-1802
r Joaquim Nabuco, 2336, Meireles
Fortaleza, Ceará
 
Ykro Marcas e Patentes
(85) 226-5510
tv Santos Dumont, 847, sl 701, Alto Da Balança
Fortaleza, Ceará
 
Wettor Marcas Patentes
(85) 254-6007
r Monsenhor Otávio de Castro, 119, José Bonifacio
Fortaleza, Ceará
 
Bureau de Apoio Empresarial Sc Ltda
(85) 272-1045
av Luciano Carneiro, 99, Fátima
Fortaleza, Ceará
 
Setor Marcas e Patentes
(85) 257-1090
av Luciano Carneiro, 99, Fátima
Fortaleza, Ceará
 
Maria C Barreira
(85) 261-8170
r Visconde de Mauá, 2151, Meireles
Fortaleza, Ceará
 

Recuperação de Perdas da Poupança

Todo poupador que mantinha conta em caderneta de poupança à época dos planos, Verão (Janeiro de 1989), Plano Collor I (Março, Abril e Maio de 1990), Collor II (Fevereiro e Março de 1991), tem direito de cobrar diferenças junto aos bancos. 

Se você tinha valores depositados em cadernetas de poupança nos períodos de 1989, 1990 e 1991, tendo tais contas, data-base até o dia 15 de cada mês (ou seja, o chamado 'dia de aniversário', onde era creditada a remuneração mensal pelo banco na poupança), atente-se, você tem valores a receber dos respectivos bancos

Isso porque, os bancos remuneraram os poupadores em percentuais inferiores aos reconhecidos pela Justiça, gerando, portanto, diferenças em favor dos titulares das citadas contas.   

O procedimento para cobrar essas diferenças, não é dos mais complicados. 

Basta ter acesso aos extratos bancários dos citados períodos. 

Para os anos de 1989 e 1991, necessitam-se dos extratos correspondentes aos meses de janeiro, fevereiro e março. Para o ano de 1990, necessário se faz, a obtenção dos extratos dos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. 

O interessado deve se dirigir ao banco no qual era – ou é – poupador e solicitar tais extratos. 

Caso não se recorde onde tinha suas contas, procure checar nas declarações do seu 'imposto de renda'. Provavelmente nestas, você encontrará a discriminação da(s) conta(s) na(s) qual(is) era titular.  

Os bancos são obrigados a fornecer os extratos! Dependendo do banco, o fornecimento varia de 7 (sete) à 30 (trinta) dias. 

E via de regra, os bancos fornecem ao interessado um 'protocolo' correspondente a um comprovante de solicitação.

Fonte: www.acpcontabil.com.br

Clique aqui para ler este artigo na WebArtigos.com