Razões Sérias Para Perder A Barriga Balneário Camboriú, Santa Catarina

O presente artigo fala a respeito de como e importante cuidar da saude, principalmente do sobre peso. Atualmente a “barriguinha” avantajada não deve ser vista como algo que deve ser combatido pelo ponto de vista da estética, pois mais do que nunca se tornou sinônimo de doenças. Veja mais no artigo abaixo.

Andeson Paganotto
(47) 9639-1456
estancia
Joinville, Santa Catarina
 
Personal Trainer
(47) 9171-6603
Rua Aquidaban, 237 - Atiradores.
Joinville, Santa Catarina
 
Studio Essencialquimia
(48) 8463-6081
Rod Joao Gualberto Soares, 789 - Ingleses
Florianopolis, Santa Catarina
 
Academia Garra
(48) 3234-3166
r João Pio Duarte Silva, 978, Córrego Grande
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Academia de Comércio de Santa Catarina
(48) 3264-0234
av Hercílio Luz, 523, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Studio Essencialquimia
(48) 8463-6081
Rod Joao Gualberto Soares, 789 - Ingleses
Florianopolis, Santa Catarina
 
PERSONAL SHAPE
(48) 3206-9662
AV JOAO GUALBERTO SOARES 551 SOBRELOJA
FLORIANOPOLIS, Santa Catarina
 
Academia Benatto Squash Center
(48) 3335-6044
Rodovia SC 401, 3415, km 4,João Paulo
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Force Fitness Ltda Me
(48) 3344-8194
R Valentim Camilo Garcia 112
Palhoça, Santa Catarina
 
FLORIPA RUNNERS ASSESSORIA ESPORTIVA
(48) 9948-9393
PARQUE DE COQUEIROS E TRAPICHE DA BEIRA MAR NORTE
FLORIANOPOLIS, Santa Catarina
 
Dados Divulgados por

Razões Sérias Para Perder A Barriga

RAZÕES SÉRIAS PARA SE PERDER A BARRIGA

Atualmente a “barriguinha” avantajada não deve ser vista como algo que deve ser combatido pelo ponto de vista da estética, pois mais do que nunca se tornou sinônimo de doenças!

A gordura presente nesta parte do corpo, chamada gordura visceral, é muito perigosa, afinal se esconde entre os órgãos, daí a relação entre medidas abdominais e riscos aumentados de doenças, principalmente as cardiovasculares.

ENTENDA OS PERIGOS

Doenças Cardiovasculares: normalmente as células gordurosas presentes na região abdominal são responsáveis pela produção de substâncias inflamatórias que por sua vez estão relacionadas a doenças cardiovasculares. A gordura abdominal em excesso pode ser na maioria das vezes sinônimo de alterações nos níveis do mau colesterol, o qual é o responsável pelo depósito nas artérias e vasos, reduzindo sua luz pelo estreitamento dos mesmos, daí a origem de tais doenças.

Fígado: a gordura abdominal é aquela que circula os órgãos e sendo assim, pode se aderir ao fígado e por fim se depositar nas células deste órgão, os hepatócitos, instala-se aí a esteatose hepática, caracterizada por sucessivas inflamações que pode levar a falência do fígado.

Diabete: as células da região abdominal são muito ativas na fabricação de diversas substâncias que deixam o organismo confuso, dentre estas confusões está a alteração nos níveis de glicose, em busca de suprir a necessidade de insulina, hormônio responsável em transportar todo esse açúcar para dentro das células, entra em cena o pâncreas, que também fica confuso na tentativa de atender à enorme demanda. Mas essa gordura estocada no abdomem também promove a liberação de muitos ácidos graxos livres, que por sua vez, impedem a ação correta da insulina. Daí, como a substância não consegue cumprir sua missão, sobra açúcar e abrem-se as portas ao diabete tipo 2.

Hipertensão: em conseqüência ao problema do diabete acima citado, pelo necessidade aumentada da produção de insulina e estando então seus níveis aumentados acarreta um aumento da atividade do sistema nervoso simpático, que ordena uma maior contração dos vasos sangüíneos. Sem contar que os rins passam a reabsorver mais sódio, tem-se como resultado o aumento da pressão arterial.

Depressão: sem contar com a insatisfação pessoal com a própria imagem, todas as mudanças internas e intensas citadas acima, favorecem o quadro depressivo, visto que interferem na atividade cerebral. Quando se mexem nos níveis de colesterol, pode-se prejudicar a síntese de neurotransmissores, os quais são os responsáveis na manutenção do bem-estar cerebral em geral.

Entendendo os riscos, que além de não serem poucos representam perigosos a saúde.

Cuide de sua alimentação, procure evitar gordura e aumentar os alimentos naturais e os ricos em fibras, realize uma atividade física regular e procure fazer atividades prazerosas diariamente.

Boa semana e dê atenção especial a gordurinha em excesso, mas importante que ter a auto-estima em alta por meio de um corpo sem barriga, é ter saúde para tê-lo.

Izaara Alvarenga

Nutricionista

Izaara Carvalho Alvarenga

Izaara Alvarenga é graduada em Nutrição, pela UNILAVRAS, em Lavras - MG. Possui grande experiência na área de Alimentação Hospitalar. Cursa Especialização na UNESP, Botucatu - SP. Com passagem por empresas de porte nacional e multinacional da Alimentação Empresarial, adquiriu extensos conhecimentos neste ramo. Na área de responsabilidade social, atua na Pastoral da Criança e no Lar Esperança e Vida Mateus Loureiro Ticle, de apoio ao portador de Câncer, em Lavras. É também Articulista dos Jornais impressos “A Gazeta” e "Jornal Agora" da cidade de Lavras/MG, "Jornal O Movimento" da cidade de Carrancas/MG e "Jornal Folha de Catuípe" da cidade de Catuípe/RS, com a coluna “Vida Saudável”.

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com