Pedalar dentro d'água ajuda na redução da celulite Ji-Paraná, Rondônia

Pedalar dentro da água é mais uma opção de esporte aquático para quem quer perder peso e reduzir celulite. Alem de melhorar o condicionamento físico ajuda na movimentacao, mas não pode sobrecarregar as articulações. Veja mais no artigo abaixo.

Win Academia
(69) 3223-7556
r Abunã, 1457 Olaria
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Casa das Esteiras
(69) 3026-7389
r José Patrocínio, 544 Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Academia Athletics
(69) 3221-1090
r Gonçalves Dias, 250 B. Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Academia de Ginástica Mahatma
(69) 3223-1677
av Pinheiro Machado, 2040 B. São Cristovão
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Clínica do Movimento
06934231561
Rua 22 de novembro, 867, sala 2, casa preta. Próximo ao CCAA.
Ji-Paraná, Rondônia
 
Academia Opus Ballet Studio
(69) 3221-9358
av Pinheiro Machado, 1500 Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Academia Geo Training
(69) 3225-7199
r Júlio Castilho, 135 Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Boa Forma Personal Star Academic
(69) 3229-0220
av Amazonas, 3725 Nova Porto Velho
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
CORPO PERFEITO ACADEMIA LTDA
(69) 9983-5076
RUA TABAJARA 2.190 BAIRRO SÃO JOÃO BOSCO
PORTO VELHO, Rondônia
 
Academia Atletica
(69) 3221-1090
av Carlos Gomes, 2480são Cristóvão
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Pedalar dentro d'água ajuda na redução da celulite

Pedalar dentro da água é mais uma opção de esporte aquático para quem quer perder peso, reduzir celulite, melhorar o condicionamento físico ou precisa se movimentar, mas não pode sobrecarregar as articulações. Em uma bicicleta especial, a aula é executada em cima de cinco posições, que trabalham principalmente glúteos e pernas e, em menor proporção, a barriga. Cada professor prepara a aula de acordo com o ritmo da música, mas a sobrecarga é definida pelo aluno, conforme o ritmo da pedalada.

Inventada pelos italianos, a modalidade hidrobike foi apresentada em 2001 na conferência anual de exercícios aquáticos da Aquatic Exercise Association (AEA), na Flórida, nos Estados Unidos, e veio para o Brasil (São Paulo) em 2002. E agora, ela está se expandindo pelo restante do País.

De acordo com a professora de Educação Física e instrutora de hidrobike Laura Haensel, o gasto calórico médio de uma aula de 45 minutos é de cerca de 500 calorias. E para ter um resultado satisfatório são necessários três meses de aula. Segundo ela, a hidrobike ajuda na redução da celulite e nas dores nas pernas causadas por varizes. Como não há sobrecarga, não há impacto, então pode até ser feito por quem tem problemas no joelho.

Vera Marques de Souza, 57 anos, diz que antes de praticar a modalidade sentia cansaço ao subir uma escada. "Eu tinha dores no corpo, falta de ar e insônia. Depois de três meses, não sinto mais tanto cansaço, não sinto mais falta de ar e faço meus trabalhos com facilidade e já durmo melhor", afirma. Vera diz que nesse período percebeu uma redução nas medidas do antebraço, cintura e na celulite.

A fisioterapeuta Rejane Soares dos Santos aconselha a hidrobike para quem já experimentou natação ou já fez hidroginástica. "Pedalar dentro da água trabalha os mesmos grupos musculares, mas quebra a rotina e muda o tipo de condicionamento. Também é bom para pessoas que passaram por cirurgia de joelho ou de hérnia de disco e que precisam fazer exercício dentro d'água."

Para quem tem medo da água, Laura afirma que o ideal é fazer aulas de natação para perder esse medo e não ficar desconfortável na bicicleta achando que vai cair.

Confira os benefícios da hidrobike
- Baixo risco de lesões articulares e musculares;
- Redução da sobrecarga principalmente na coluna vertebral, joelhos e tornozelos;
- Fortalecimento da musculatura dos membros inferiores (principalmente pernas e glúteos);
- Fortalecimento da musculatura dos membros superiores;
- Melhora a capacidade respiratória;
- Condicionamento físico e cardiovascular (intensificado pela pressão da água).

Contra-indicação
- Para crianças menores de 14 anos, devido à altura da bicicleta.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica