Pedalar dentro d'água ajuda na redução da celulite Balneário Camboriú, Santa Catarina

Pedalar dentro da água é mais uma opção de esporte aquático para quem quer perder peso e reduzir celulite. Alem de melhorar o condicionamento físico ajuda na movimentacao, mas não pode sobrecarregar as articulações. Veja mais no artigo abaixo.

Fernanda Schmitz-Estética & Pilates
(47) 4105-0588
rua almirante barroso 700
itajai, Santa Catarina
 
Academia Catarinense de Letras
(48) 3333-1733
av Gov Irineu Bornhausen, 5600, Agronomica
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Studio Essencialquimia
(48) 8463-6081
Rod Joao Gualberto Soares, 789 - Ingleses
Florianopolis, Santa Catarina
 
Academia Corpo Santo
(48) 3733-8502
Etr Intd João Nunes Vieira, 1457, Ingleses
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Studio fit pilates
47030563380
rua 2400 entre3 av e av brasil
balneário camboriu , Santa Catarina
 
FLORIPA RUNNERS ASSESSORIA ESPORTIVA
(48) 9948-9393
PARQUE DE COQUEIROS E TRAPICHE DA BEIRA MAR NORTE
FLORIANOPOLIS, Santa Catarina
 
Academia Atlântica
(48) 3240-4010
r Aleixo Alves de Souza, 522, Jardim Atlântico
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Academia Benatto Squash Center
(48) 3335-6044
Rodovia SC 401, 3415, km 4,João Paulo
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Academia Garra
(48) 3234-3166
r João Pio Duarte Silva, 978, Córrego Grande
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Personal Trainer Geilson Ferreira
(48) 8808-9671
Rua Jose Jacques 32
Florianopolis, Santa Catarina
 
Dados Divulgados por

Pedalar dentro d'água ajuda na redução da celulite

Pedalar dentro da água é mais uma opção de esporte aquático para quem quer perder peso, reduzir celulite, melhorar o condicionamento físico ou precisa se movimentar, mas não pode sobrecarregar as articulações. Em uma bicicleta especial, a aula é executada em cima de cinco posições, que trabalham principalmente glúteos e pernas e, em menor proporção, a barriga. Cada professor prepara a aula de acordo com o ritmo da música, mas a sobrecarga é definida pelo aluno, conforme o ritmo da pedalada.

Inventada pelos italianos, a modalidade hidrobike foi apresentada em 2001 na conferência anual de exercícios aquáticos da Aquatic Exercise Association (AEA), na Flórida, nos Estados Unidos, e veio para o Brasil (São Paulo) em 2002. E agora, ela está se expandindo pelo restante do País.

De acordo com a professora de Educação Física e instrutora de hidrobike Laura Haensel, o gasto calórico médio de uma aula de 45 minutos é de cerca de 500 calorias. E para ter um resultado satisfatório são necessários três meses de aula. Segundo ela, a hidrobike ajuda na redução da celulite e nas dores nas pernas causadas por varizes. Como não há sobrecarga, não há impacto, então pode até ser feito por quem tem problemas no joelho.

Vera Marques de Souza, 57 anos, diz que antes de praticar a modalidade sentia cansaço ao subir uma escada. "Eu tinha dores no corpo, falta de ar e insônia. Depois de três meses, não sinto mais tanto cansaço, não sinto mais falta de ar e faço meus trabalhos com facilidade e já durmo melhor", afirma. Vera diz que nesse período percebeu uma redução nas medidas do antebraço, cintura e na celulite.

A fisioterapeuta Rejane Soares dos Santos aconselha a hidrobike para quem já experimentou natação ou já fez hidroginástica. "Pedalar dentro da água trabalha os mesmos grupos musculares, mas quebra a rotina e muda o tipo de condicionamento. Também é bom para pessoas que passaram por cirurgia de joelho ou de hérnia de disco e que precisam fazer exercício dentro d'água."

Para quem tem medo da água, Laura afirma que o ideal é fazer aulas de natação para perder esse medo e não ficar desconfortável na bicicleta achando que vai cair.

Confira os benefícios da hidrobike
- Baixo risco de lesões articulares e musculares;
- Redução da sobrecarga principalmente na coluna vertebral, joelhos e tornozelos;
- Fortalecimento da musculatura dos membros inferiores (principalmente pernas e glúteos);
- Fortalecimento da musculatura dos membros superiores;
- Melhora a capacidade respiratória;
- Condicionamento físico e cardiovascular (intensificado pela pressão da água).

Contra-indicação
- Para crianças menores de 14 anos, devido à altura da bicicleta.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica