Conheçendo os dois produtos mais vendidos na Internet Araçatuba, São Paulo

Produtos de informação e softwares geram lucro na Internet, afirma Rogerio Job. Ele destaca que a venda de livros, CD's e e-books são fáceis de serem comercializados na Internet. "Bilhões de internautas acessam diariamente os sites de busca para conseguir informações que os ajudem a solucionar seus problemas", ele justifica.

Colmeia Comunicação
(11) 4055-1087
Rua dos Brilhantes, 94
Diadema, São Paulo
 
AC Publicidade
(19) 3232-1188
r César Bierrembach,Dr, 67, Centro
Campinas, São Paulo

Dados Divulgados por
Vitrine Classificados - Divulgue seu Negocio Cresça e Apareça
(16) 3945-2336 (16) 3945-6337
Rua Gastrão Vidigal, n° 585
Sertãozinho, São Paulo
 
AB&G Associados Comunicação e Marketing S/C Ltda
(12) 3921-7410
r Serimbura, 294, An 1 Sl 4, Vl Ema
São José dos Campos, São Paulo

Dados Divulgados por
Grazy Depiladora
(015) 3343-4731
Rua, Floriza Luiza Rocha Nº 102 Bairro - Pro-Morar
Votorantim, São Paulo
 
Alga Publicidade S/C Ltda
(11) 4436-0951
r Riachuelo, 27, Vl Assunção
Santo André, São Paulo

Dados Divulgados por
Agência Publicitta
(11) 2408-2775
r Marret, 377, Vl Progresso
Guarulhos, São Paulo

Dados Divulgados por
Sorocaba Empresas O Guia Empresarial de Sorocaba e Região
(15) 3019-4510
R. Hermelino Matarazzo 566
Sorocaba, São Paulo
 
B3 COMUNICAÇÃO VISUAL - A CASA DO ADESIVO
(11) 4661-3147
R CEL LUIZ TENÓRIO DE BRITO, 966 - SALA 1
EMBU-GUAÇU, São Paulo
 
FUTURO INTERMEDIAÇOES
(12) 9236-7763
XXXXX
SAO JOSE DOS CAMPOS, São Paulo
 
Dados Divulgados por

Conheçendo os dois produtos mais vendidos na Internet

Quais os 2 produtos mais lucrativos da internet?

Esta é uma pergunta muito fácil de responder:

1) Produtos de Informação
2) Softwares

Estes produtos são fáceis de vender na internet porque os clientes já são pré-qualificados (precisam, querem e podem comprar). Estes também são os produtos com a mais alta margem de lucro (veremos adiante).

No mercado dos softwares, a única maneira do pequeno empreendedor ganhar dinheiro é como afiliado ou parceiro. Isso porque poucas pessoas possuem habilidade suficiente para desenvolver um software. Mas você pode descobrir um software útil e imprescindível e promovê-lo como afiliado. Se o proprietário ou empresa responsável pelo software não possuir programa de afiliados, você terá que propor outro tipo de parceria.

Já os produtos de informação, são os mais fáceis de desenvolver. Você mesmo pode criar seu próprio produto de informação como livros, manuais, relatórios, apostilas, vídeo-aulas, cursos, áudios, ebooks, sites de acesso restrito (só p/ assinantes), etc. Estes são os produtos mais fáceis de vender na internet. Eles tem uma incrível margem de lucro e são fáceis de entregar (via correios ou via e-mail - se for um produto digital).

Eu posso dar a você, vários exemplos de pessoas comuns que desenvolveram seus próprios produtos de informação. Veja um exemplo:

Paulo Torino, um professor de informática de São Paulo que dá aulas especiais a executivos (um nicho de mercado), criou um manual de "auto-ajuda" (como ele próprio define) chamado "Easy Office - Informática Básica para Executivos". Ele mandou imprimir por conta própria 500 exemplares. Então começou a oferecer o manual ao fim de suas aulas pelo preço de R$ 99,00 cada um. O manual foi um tremendo sucesso. Dificilmente um aluno recusava a oferta e nos primeiros 6 meses ele conseguiu vender 156 exemplares. Como cada cópia lhe custou apenas R$ 1,55 seu lucro liquido foi de R$ 15.202,00 só neste curto período, uma excelente renda extra, concorda?

O exemplo acima, propositadamente, se refere ao mundo off-line, mas o mesmo conceito pode ser aplicado na internet, e com muito mais facilidades e vantagens. Estou falando dos ebooks. Um produto 100% digital, como um ebook, que é entregue totalmente via internet pode trazer lucros exorbitantes. Eu mesmo me surpreendi com o resultado que obtive com meu primeiro ebook. Era um ebook simples, com apenas 29 páginas, que eu havia lançado sem muita pretensão. Simplesmente divulguei o produto para minha lista de emails e uma semana após o lançamento eu já havia conseguido vender 76 cópias por R$ 47,00 cada. Como era um produto totalmente digital, tive uma margem de lucro de praticamente 100% a cada venda, ou seja, mais de R$ 3.500,00 em apenas uma semana.

Uma observação importante é que os clientes não estão pagando pelo papel de um livro ou por bytes de um infoproduto. Eles estão pagando pelas informações exclusivas que você está oferecendo, não importando a mídia que você use (livro, CD, e-book, etc.).

Se você é empresário e/ou empreendedor irá concordar que os produtos de informação são muito mais fáceis de produzir do que qualquer outro produto porque não há nenhuma regulamentação oficial no país sobre esta modalidade. Por exemplo, se você quer produzir um novo composto emagrecedor, será obrigado por lei a construir um laboratório de manipulação, contratar especialistas, produzir amostras, submeter seu produto ao Ministério da Agricultura (se for um composto natural) ou da Saúde e ainda esperar meses pela aprovação do seu produto. Um investimento gigantesco. Entretanto se você quer lançar um manual com "Dicas para Emagrecer", você não precisará da aprovação de ninguém e a livre expressão de suas idéias é assegurada pela Constituição Federal.

Mas a melhor razão pela qual um produto de informação é perfeito para comercializar na internet é porque vivemos em uma sociedade faminta por informações e soluções. Bilhões de internautas acessam diariamente os sites de busca para conseguir informações que os ajudem a solucionar seus problemas. A boa notícia é que milhares dessas pessoas estão dispostas a pagar o quanto for preciso por essas informações. É aí que você pode ganhar, criando e oferecendo a elas o seu próprio produto de informação.

Rogerio Job

Rogerio Job é autor de vários artigos e ebooks sobre internet marketing e trabalho em casa. Maiores informações podem ser encontradas em seu websitehttp://www.ipromocenter.com

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com