Como Visualizar o Sucesso e Fazê-lo Acontecer Itaúna, Minas Gerais

Crie uma visão de carreira em sua mente. Você é o roteirista, pode fazer as coisas acontecerem em sua mente como bem entender. Aprenda mais no artigo abaixo.

Namídia Propaganda
(31) 3398-7765
av Pref. Gil Diniz, 519 SL 101
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
COM ARTE PUBLICIDADE
3531-2428- 9545-2411
AV. DAS AMÉRICAS,37
BETIM, Minas Gerais
 
OUTVISUAL
(32) 3237-2945
RUA MAURO PEREIRA DE ALMEIDA LOTA 19
JUIZ DE FORA, Minas Gerais
 
Ágape Digital
(35) 4102-0343
Av. Pref. Olavo Gomes de Oliveira, n 1705
Pouso Alegre, Minas Gerais
 
nova forros ltda me
034 91485952
rua 26 n-475 b.centro
ituiuba, Minas Gerais
 
BANDA NOVA FACCE
O34 3219 6245 0U 9209 5006 CARECA
UBERLANDIA MINAS
UBERLANDIA, Minas Gerais
 
Idéia Prima Comunicação Ltda
(31) 3222-5631
r Gonçalves Dias, 1181, Sl 1309, Funcionários
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Mix Comunicacao Ltda
(31) 3262-1175
r Tiradentes, 1640, Sl 302, Industrial
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
guia da noiva www.oguiadanoiva.com
(35) 8828-4820
jose piffer 165
poços de cldas, Minas Gerais
 
Interativa Publicidade
(38) 3221-9778
Rua: Gabriel Passos, 145, Centro
Montes Claros, Minas Gerais
 
Dados Divulgados por

Como Visualizar o Sucesso e Fazê-lo Acontecer

Auto-Aplicável: Sim

Enviado por: Rodrigo Zambon

Primeiro Passo:

Crie uma visão de carreira em sua mente. Você é o roteirista, pode fazer as coisas acontecerem em sua mente como bem entender. Crie uma cena onde está fazendo o que deseja fazer, na posição em que deseja estar. Dê a expressão das emoções ao seu próprio rosto no desenrolar da cena e veja-a reagindo com emoções positivas enquanto tudo acontece. Veja os outros também demonstrando certas emoções. A vida transpira movimento, portanto você quer que a sua visão seja como um filme, e não como umas poucas fotografias. Deixe a cena passar pela sua imaginação. (Embora pensemos em visões como quadros mentais, não tem que ser assim necessariamente. Às vezes simplesmente pensar a respeito de alguma coisa, sem dar a ela configuração de imagem, poder ser uma forma de visão igualmente eficaz).

Segundo Passo:

Repita duas vezes por dia a visão de carreira. Reserve algum tempo para o exercício da visualização. Se não restringir o tempo diário a qualquer coisa entre 30 segundos a dez minutos, acabará esquecendo de praticar. O levantar-se e o deitar-se são momentos bastante oportunos, vá repetindo pelo menos duas vezes ao dia, até a visão concretizar-se.

Terceiro Passo:

Saiba que a sua visão de carreira ainda acontecerá. Fatalmente acontecerá e, por isso você acredita piamente na visão. No entanto, não sabe quando exatamente quando vai acontecer. Isso absolutamente não lhe diz respeito. Você sabe que o destino administra a sua própria agenda e que as grandes forças do univerno vão estar em seu benefício se você deixar que a natureza se encarregue do “quando”. Não fixe prazos para quando uma visão de carreira deve tornar-se realidade.

Quarto Passo:

Crie visões de desempenho diário. Escolha uma determinada tarefa ou fato que você saiba que está para acontecer brevemente, e visualize-se desempenhando na sua melhor forma. Veja-se produzindo os resultados que deseja, repasse a visão uma hora antes de ter iniciado a tarefa ou o fato, ou então pela manhã, no dia.

Quinto Passo:

Crie uma visão alternativa. Visualize as coisas não acontecendo de acordo com o seu plano preferencial e veja-se mesmo assim reagindo com a devida compostura e auto-confiança. Não tente inventar um motivo para que tal coisa aconteça. Simplesmente veja-a acontecendo e você agindo com fineza, apesar de tudo. Ponha um sorriso nos lábios. Escolh uma ou duas emoções positivas para sentir na hora, caso esta cena venha a acontecer.

Sexto Passo:

Crie uma visão de processo. Veja-se tomando as providências cabíveis para sua visão preferencial acontecer. Acrescente uma emoção positiva ao processo, e sinta a mesma em sua mente ao imaginar-se em ação.

Do Livro: Como Liberar sua Produtividade
50 Poderosas Técnicas de Produtividade
Richard Ott e Martin Snead

Clique aqui para ler este artigo na Sua Mente