Aprendendo a conhecer os melhores vinhos brancos Três Lagoas, Mato Grosso do Sul

As uvas brancas são muito peculiares, nem sempre largamente aceitas como as uvas tintas. Porém, há grandiosos vinhos brancos que casam muito bem com alguns pratos, ainda melhor do que os tintos, devido a sua acidez e aroma de frutas típicas como maracujá, pêssego ou até mesmo pimenta. Abaixo, algumas das mais conhecidas uvas brancas:

Lacqua In Boca Pizzaria e Restaurante
(67) 3326-0003
avenida Mato Grosso, 2521, Santa Fé
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Catavento Mini Bar e Restaurante
(67) 3326-4770
avenida Alexandre Herculano, 1000, Jardim Veraneio
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
G Costa Bar e Restaurante Ltda
(67) 3025-5780
r 7 Setembro, 1627, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Ceará Restaurante e Peixaria
(67) 3321-3927
r D Aquino, 2249, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Máximus Restaurante Buffet
(67) 3324-4260
r Marechal Cândido Mariano Rondon, 1289, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Charles Chaplin Restaurante Marmitaria
(67) 3361-6901
avenida Presidente Vargas, 1014, Santo Antônio
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Gekko Bar e Restaurante Ltda
(67) 3026-6262
r Marechal Cândido M Rondom, 2123, Bairro Amambaí
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Fogo Caipira Restaurante
(67) 3324-1641
r José Antônio Pereira, 145, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Augustus Restaurante
(67) 3324-2634
r José Antônio, 157, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Dom Lenil Pizzaria e Restaurante
(67) 3384-4039
r 15 Novembro, 253, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprendendo a conhecer os melhores vinhos brancos

Equipe Portal Orgânico
Rosny Gerdes Filho

As uvas brancas são muito peculiares, nem sempre largamente aceitas como as uvas tintas. Porém, há grandiosos vinhos brancos que casam muito bem com alguns pratos, ainda melhor do que os tintos, devido a sua acidez e aroma de frutas típicas como maracujá, pêssego ou até mesmo pimenta. Abaixo, algumas das mais conhecidas uvas brancas:

Sauvignon Blanc:
Outro grande sucesso de Bordeaux é uma uva que produz excelentes vinhos brancos, ricos e exuberantes. De clima frio, se adapta com maior elegância, resultando em vinhos de aromas incomparáveis e acidez deliciosa. É também encontrada no vale do Loire, na Nova Zelândia, no Chile, Brasil, África do Sul, Califórnia, Austrália. Perfeita para saladas, frutos do mar e peixes.

Chardonnay:
A branca mais conhecida está para os brancos como a Cabernet Sauvignon está para os tintos. Oriunda da maravilhosa Borgonha tem excelente performance também na Califórnia, Austrália, Chile, Argentina, África do Sul, Nova Zelândia, Brasil e inúmeros outros "terroir". Devo dizer que há estilos de Chardonnay diferentes, seu melhor resultado é em envelhecimento em carvalho. É de fato uma uva elegante e exuberante, porém tome cuidado: há exemplares muito questionáveis!

Riesling:
A grande estrela da Alemanha e uma das melhores uvas do planeta. Tem elegância, complexidade, acidez equilibrada e aromas incríveis. Têm o corpo seco e casa-se perfeitamente com peixes, frutos do mar e saladas aromatizadas com vinagretes ácidos.

Pinot Grigio:
Também da Borgonha é uma variação da tinta Pinot Noir, bastante encontrada nas regiões da Alsácia, na França e no Norte da Itália. Tem um aroma condimentado, não tão ácido.

Gewürztraminer:
É uma das mais marcantes. Muito encontrada também na Alsácia, região antiga pertencente à Alemanha que produz vinhos brancos maravilhosos. Além de brancos secos apimentados e aromáticos, também resulta em marcantes vinhos de sobremesa.

Chenin Blanc:
Uma das melhores uvas brancas é original do Vale do Loire, na França. Excelente acidez e muita estrutura, esta uva produz vinhos semi-secos de aromas intensos e muito agradáveis. Da mesma forma, também produz vinhos de sobremesa que explodem na boca.

Fonte: Portal Orgânico

Clique aqui para ler este artigo na Portal Gastronomia