Aprenda sobre a publicação de sites Guaíba, Rio Grande do Sul

Entenda sobre a versão do publicador 3.0 e sua evolução. O especialista em projetos para Internet Ruben Zevallos comenta os ajustes no HTML. "O governo Brasileiro aprovou leis para que o processo de acessibilidade aconteça", destaca o autor.

Arno Decker S/A
(51) 3228-4931
r Andradas, 1699, Centro
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Via Vento
(51) 3338-1200
av Montenegro, 11, Petrópolis
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Ponto Frio
(51) 4002-3388
av Assis Brasil, 2288, Passo D Areia
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Casa Victor S A Radiorefrigeradora
(51) 3221-6805
r Pedro II,Dom, 111, São João
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Comercial Eletrodomésticos Pedro Obino Júnior Ltda
(51) 3029-6151
av Azenha, 1099, Azenha
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Casas Bahia
(80) 0888-8008
av Assis Brasil, 2155, Passo D Areia
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Manlec
8005-12324
r Flores,Dr, 88, Centro
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Austral Indústria Eletro Mecânica Ltda
(51) 3343-1050
r Dezesseis de Julho, 42, An 6 Sl 603, São João
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Magazine Luiza S/A
8003-44000
av Assis Brasil, 2488, Passo D Areia
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Giravento
(51) 3222-3103
r Otto Niemeyer, 1313, Tristeza
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda sobre a publicação de sites

Chegar a versão 3.0 do Publicador, não é um trabalho simples, principalmente que requer muitas atividades, testes e antes de tudo, muita pesquisa e desenvolvimento de novas técnicas, rotinas, conversas com clientes e com profissionais de design.

O Publicador de Sites 2.9y, tem evoluído de acordo com as necessidades dos projetos, bem como com anseios pessoais para que eu tivesse uma ferramenta para me auxiliar nos projetos, bem como dar maiores ganhos de resultado para meus clientes e seus usuários.

Hoje, o Publicador se mantém acima de muitos sistemas Open Source e Free Software e logo estará equivalente de vários produtos caros e pagos do mercado.

O Publicador surgiu de uma apresentação do HiperTools 3.0, uma ferramenta auxiliar de desenvolvimento de SIW - Sistemas com Interface Web, iniciada por mim e ampliada por vários componentes da minha equipe. O projeto do cliente, era um site fora do comum. Não seguia aquele modelo de Menu e página esperadas, como Notícias, Dicas etc. Fizemos uma apresentação do HiperTools 3.0, o cliente gostou, mas ele queria uma solução além do próprio HiperTools, então, tive que repensar tudo do zero... foi então, que surgiu a idéia da base do Publicador, onde eu tinha: - Uma árvore que definia a organização do site - E outra tela com o conteúdo mínimo das páginas, como Cabeçalho, Resumo, Texto e outras coisas.

Hoje, o Publicador tem dezena de facilidades e não precisa de programação para implementar toda a solução em um site, mas mesmo ele sendo poderoso, ele precisa ainda de várias coisas, principalmente nas 2 interfaces: Usuário do site e Administração.

Geração de conteúdo em HTML
Boa parte do Publicador, está na possibilidade de geração do conteúdo no formato de HTML, este formato tem muitas vantagens, entre elas: - Baixo consumo de recursos de processamento - Mesmo que a parte de sistema parede de funcionar, o site continua no ar - Os buscadores, como Google, Yahoo e MSN, preferem navegar em sites 100% HTML - O resultado é muito mais rápido para navegar

Apesar de gerar o conteúdo HTML, o Publicador dá ao usuário a possibilidade de navegar no site de forma dinâmica, sem qualquer limitação na apresentação do conteúdo.

Busca de conteúdo na íntegra do conteúdo
O período pré-publicador, foi marcado por sites sem serviço de busca, ou busca parcial para notícias, dicas etc. O publicador, por ter uma base única de páginas, o usuário pode buscar em 100% do conteúdo das páginas, bem como criar os mais diversos filtros.

A busca na íntegra das páginas, dá aos usuários, o poder de aprender e navegar calmamente em cada site, sem a necessidade de ter que imaginar o que em ou não tem em cada página.

Bread Crumbs ou Tracking Line
A leitura virtual, é algo novo. Estamos todos acostumados a ler no papel, notícias, livros, revistas entre outras coisas, tudo focado 100% nos sentidos da visão, tato, ouvido e eventualmente o cheiro. Tudo é importante para nós durante a leitura, principalmente no reconhecimento/memória da localização do conteúdo lido.

A leitura virtual não nos dá qualquer referencia tátil, somente visual... e os sites não ajudam muito, por isso, eu procurei usar o máximo de recurso automáticos para facilitar a localização e navegação das pessoas no site.

A localização nas páginas podem ser via: - Título das páginas - Título na janela do browser - Linhas de localização, normalmente chamadas de Bread Crums ou como eu nomei, Trackling Line - Mudanças sutis de visual - Mudanças ou características, como cor ou ícones que identifiquem as áreas.

O Publicador gera automaticamente títulos, título da janelas dos browsers e a geração dos Bread Crumbs, com isso, é possível o conhecimento do local, bem como dar oportunidades de navegação, pois todos os itens dos Bread Crumbs são ativos com links, com isso, os usuários podem ver listas de páginas, índices de edições, entre outras coisas.

Layout, Recorte, XHTML e Publicação... sem programação
Penso que o máximo do Publicador, são as ZTags, que dão aos desiners, total liberdade no projeto e todas as facilidades para a implementação rápida e segura, sem precisar escrever uma linha de código.

O publicador suporte dezenas de ZTags, que foram criadas para atender necessidades específicas e cada vez mais, elas são adaptáveis, principalmente que podem escolher melhor que tipo de páginas serão apresentadas, bem como que layout complementar serão utilizados.

As próximas ZTags, darão maior liberdade e principalmente controle sobre o conteúdo.

Ajustes no HTML para XHTML
Para finalizar, o publicador faz ajustes no HTML das páginas, focando para que se aproxime do XHTML 1.1, tirando erros e detalhes pequenos, como os & e Tags, não mais aceitas, como as Bold, Italic entre outras.

O Publicador tem bastante inteligência para ajustar o conteúdo de uma página HTML normal, que durante a validação da página no W3C de dezenas de erros, para alguns, que podem ser facilmente ajustados pelos designers, conseguindo rapidamente efetuar os ajustes, conseguindo a validação total do site.

Acessibilidade
O futuro está além do design e da técnica, está na acessibilidade, onde pessoas com dificuldades de visão, movimento dos braços entre outras, precisam ter o direito de conseguir visitar e navegar nas páginas.

Tenho estudado as definições de acessibilidade, onde são definidas características, como: - Texto alternativo para as imagens - Links com textos alternativos e mais explicativos - Conteúdo visualmente adaptado em cores para atender pessoas com limitação de visão - Teclas de atalho para a navegação de pessoas com dificuldades de movimento - E finalmente, mas não por último, visual próprio e navegável por sintetizadores de texto, onde pessoas cegas ou com visão limitada, poderão ouvir as páginas e conteúdo do site.

O governo Brasileiro aprovou leis para que o processo de acessibilidade aconteça e principalmente, está exigindo que seus sites sejam definitivamente acessíveis.

Tenho navegado e testados vários sites usando o DOSVOX e o Lynx, e venho que os sites não são acessíveis e para isso, estarei fazendo com que o Publicador gere conteúdo acessível o quanto antes, pois acredito que somente assim, teremos conteúdo acessível para pessoas com dificuldades de visão.

Fora essa parte técnica, estamos fazendo estudos para conseguir facilitar o entendimento dos sites, pois acessibilidade é isso também.

Ruben Zevallos Jr.

Especialista de projetos para Internet desde 1993, mantém diversos sites e projetos pessoais como owww.direito2.com.br

Leia maishttp://ruben.zevallos.com.br/

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com