Aprenda como alcançar o sucesso Itaúna, Minas Gerais

Esse artigo ensina como mudar os hábitos. O autor explica como quebrar paradgimas para obter êxito. Confira as seis propostas para mudar de pensamentos e de vida.

Divino Jose da Silva
(37) 3241-3273
Rua Minas Gerais 145
Itaúna, Minas Gerais
 
Gcmmel Eletrotecnica Ltda
(31) 3391-0016
Rua Nossa Senhora do Perpétuo Socorro 200
Contagem, Minas Gerais
 
Assistência Gonçalves 24 Horas
(31) 3288-3422
Avenida do Contorno 6020
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Iprima Projetos Eletricos Ltda
(31) 3831-3047
Avenida France de Paula Andrade 553
Itabira, Minas Gerais
 
Telecoteco
(33) 3275-6330
Rua Pedro Lessa 966
Governador Valadares, Minas Gerais
 
Anadiger
(31) 3822-4448
Rua Turfa 410
Ipatinga, Minas Gerais
 
Beto Acessorios
(33) 3276-7825
Rua 13 de Maio 45
Governador Valadares, Minas Gerais
 
Ponto Eletrico
(35) 3832-5690
Rua João Pinheiro 218
Campo Belo, Minas Gerais
 
Telesul Telecomunicacoes Ltda
(35) 3551-7999
Rua Doutor Jeremias Zerbini 3
Guaxupé, Minas Gerais
 
Eletro Mecanica C F C P
(32) 3421-7050
Avenida Sizenando Dutra de Siqueira 566 fds lj B
Cataguases, Minas Gerais
 

Aprenda como alcançar o sucesso

Você sabe que para obter novos resultados na sua carreira, no seu negócio ou na sua vida, precisa agir diferente. É aquele história de que se você continuar agindo como sempre agiu, vai continuar tendo os mesmos resultados. Acontece que para agir diferente, você precisa de novos hábitos.

Grande parte das coisas que fazemos durante o dia obedece a um padrão, algo que estamos acostumados a fazer. É o chamado hábito, administrado pelo inconsciente.

Como funciona o hábito? Vamos pensar em dirigir um automóvel. Quando aprendemos a dirigir, aprendemos novos procedimentos e desenvolvemos novos hábitos. Pisar na embreagem, trocar os pés nos pedais, ligar a seta para dobrar, manter a direita etc. No início, estávamos aprendendo e totalmente conscientes do que estava acontecendo, acompanhando e desenvolvendo cada ação. Posso apostar com você que hoje você dirige muito bem e enquanto dirige pensa em mil coisas, no que precisa fazer, no planejamento do seus dia, conversa com o carona, presta atenção às notícias do rádio e nem se dá conta dos movimentos que precisa fazer para dirigir. Na verdade, o seu cérebro automatizou os movimentos, transformou-os em hábitos e agora quem cuida disso para você é o seu inconsciente. Funciona assim com tudo: escovar os dentes, amarrar os sapatos, pentear os cabelos, andar de bicicleta etc. Assim, os resultados que vamos obtendo dependem dos hábitos internalizados e administrados pelo inconsciente.

Agora pense na sua carreira, no seu negócio ou em outras partes da vida. Grande parte do que você faz é automático. A forma como se relaciona com as pessoas, a forma como encara desafios, a maneira como enfrenta supostos problemas, como cria soluções etc. O seu cérebro adota padrões semelhantes para situações que se repetem. Em outras palavras, temos centenas, milhares de hábitos para uma série de atividades. Assim, para começarmos a mudar nossos resultados, precisamos primeiramente mudar nossos hábitos para, a partir daí, termos novos resultados.

Muito bem, aqui vão 6 dicas para desenvolver novos hábitos: 1) identifique o resultado que você quer, 2) identifique o hábito limitante que gerava o resultado que você não gostava, 3) se pergunte qual a intenção positiva do antigo hábito, 4) se pergunte qual comportamento, qual hábito você quer no lugar do antigo para obter o resultado que você deseja, 5) treine mentalmente o novo comportamento e 6) pratique e repita na prática até você automatizar.

Vou dar um exemplo. Você quer ser um melhor líder. Contudo, sente que precisa ser mais assertivo com sua equipe. Você sempre se disse multo democrático, preocupado com as pessoas, e aí deixava a coisa rolar um pouco solta no escritório. Entretanto, no fundo você sabe que precisa agir diferente para ter resultados diferentes. Pois bem, abaixo segue a exemplificação de cada uma das 6 dicas.

1) Identificação da situação limitante: eu estava (note o verbo no passado, isto é fundamental) um pouco frouxo com o time.

2) O que quero ter no lugar: quero ser assertivo.

3) Qual a intenção positiva do antigo hábito: eu quero ser aceito pelas pessoas e me conectar (por isso eu não era tão assertivo).

4) Qual o novo hábito ou comportamento que vou ter e que mantenha a intenção positiva: vou ser mais assertivo pois assim sou sincero; quanto mais sincero sou, mais me conecto e sou aceito pelas pessoas (claro, este é um exemplo que deve fazer sentido para você). Para que esta mudança seja consistente, é fundamental que a sua intenção positiva seja assegurada. No caso, você pode pensar (e aceitar) que ao ser assertivo estará mantendo a intenção de positiva se ser aceito e se conectar às pessoas se pensar que quando é 100% sincero é mais querido e aceito.

5) Treine mentalmente as cenas em que será assertivo. Entre num filme mental em que você é o protagonista e veja, ouça e sinta a sua nova performance. Treine isso várias vezes para você programar o seu cérebro.

6) Coloque em prática várias vezes e avalie os resultados. Caso necessário, faça as correções. É aquela história, se você sempre chutou com a direita e quer começar a chutar com a esquerda, precisa treinar.

Enfim, siga os passos anteriores atentando fundamentalmente para a manutenção da intenção positiva e treine, primeiro na sua cabeça e depois na prática. Você vai se dar conta que, da mesma forma que aprendeu a dirigir, vai aprender a ter novos hábitos, novos comportamentos e que começará a ter resultados diferentes. Caso você não goste dos resultados, mude os hábitos com a fórmula dos 6 passos e teste novamente. Boa sorte e mais sucesso!

Frederico Graef – Coach e Palestrante

Membro da Sociedade Brasileira de Coaching

www.fredgraef.com.br fred@fredgraef.com.br

Frederico Graef

Coach Executivo e Palestrante -
Membro da Sociedade Brasileira de Coaching -
Master e Practitioner em PNL -
Experiência Corporativa de 15 anos como Executivo em Bancos -
Liderou Times nas Áreas Comercial e Financeira -
Caxias do Sul, RS -
Brasil

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com