Analise as vantagens do controle de estoque por radiofreqüência Eunápolis, Bahia

O autor descreve os procedimentos de identificação automática. Entre eles, o de reconhecimento por radiofreqüência (RFID). Compreenda como ele favorece os processos de controle e logística de produtos e lotes.

Casa Maritins Móveis e Eletrodoméstico
(75) 3225-8192
Rua 7 de Setembro 54
Feira de Santana, Bahia
 
Casa Palmeira
(75) 3261-6385
Avenida Manoel Novais 517
Serrinha, Bahia
 
Lojas Insinuante
(71) 3324-7900
Avenida José Joaquim Seabra 875
Salvador, Bahia
 
Lojas Maia
(71) 3319-3492
Avenida José Joaquim Seabra 322
Salvador, Bahia
 
Loja Martins
(75) 3631-1419
Praça Padre Mateus 146
Santo Antônio de Jesus, Bahia
 
Carrera Menezes Representações
(71) 3341-1023
Avenida Professor Magalhães Neto 1450 s 1206
Salvador, Bahia
 
Invicta Comércio e Rep
(71) 3241-2844
Estrada da Liberdade 250 s 302
Salvador, Bahia
 
Mc de Andrade Aparelhos Domésticos
(71) 2103-9000
Avenida Estados Unidos 137
Salvador, Bahia
 
Multibel Utilidades e Eletrodomésticos
(75) 3631-4934
Praça Padre Mateus 126
Santo Antônio de Jesus, Bahia
 
Lojas Insinuante Ltda
(71) 3328-1958
Rua da Forca 42 lj 256
Salvador, Bahia
 

Analise as vantagens do controle de estoque por radiofreqüência

Recentemente os procedimentos de identificação automática se tornaram muito populares em muitas indústrias de serviços, atividades logísticas, companhias manufatureiras e sistemas de fluxo de material. Os procedimentos de identificação automática existem para fornecer informações sobre pessoas, animais, bens e produtos em trânsito.

Em muitos processos industriais as etiquetas de código de barras que iniciaram uma revolução em sistemas de identificação há já algum tempo são inadequadas. Os códigos de barra são de custo baixo, mas exigem proximidade para aquisição de dados e não disponibilizam memória local. Exigindo, dessa forma, a operação manual de um operador e a comunicação em tempo real com a base de dados para uma aquisição segura e automatizada.

A solução ótima do ponto de vista técnico seria o armazenamento de dados em um chip de silício. O dispositivo eletrônico mais comum de armazenamento de dados em uso na vida diária é o cartão inteligente baseado em um campo de contato como os cartões de banco. No entanto, o contato mecânico usado no cartão inteligente muitas vezes é pouco prático e gera problemas semelhantes ao código de barras.

Uma transferência de dados entre o dispositivo transportador de dados e seu leitor sem a necessidade de proximidade física ou visada direta é muito mais flexível e gera informações seguras do processo industrial através do controle automático de processos e fluxos de matérias.

Com procedimentos usados para identificação e transferência de energia e dados, o sistema de identificação por radiofreqüência Radio Frequency Identification (RFID) apresenta as características anteriores e está sendo amplamente utilizado em controle de processos industriais, porém encontra-se em fase inicial de aplicação nas industriais brasileiras.

A tecnologia de identificação por radiofreqüência RFID trata-se de uma nova tecnologia de armazenamento e coleta de dados sem que haja a necessidade de contato físico ou linha de visada entre o leitor e/ou gravador de dados e o dispositivo ou etiqueta que armazena os mesmos, que muitas vezes pode ser totalmente passivo, alimentado apenas pelo campo eletromagnético emitido pelo leitor/gravador, ou ativo, utilizando energia própria para alimentar integralmente o dispositivo ou parte de suas funções.

 Para mais informações acesse:  http://www.idutto.com.br/index.htm

Contato:vinicius@idutto.com.br

 

Vinícius Carneiro

Engenheiro

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com