Administração de Empresas - Visão Do Empreendimento Itajaí, Santa Catarina

A maioria das empresas que falham em seus primeiros anos de vida, falha por falta de planejamento. Se você não sabe o que seu negócio vai virar no futuro, é muito provável que ele não vá para lugar nenhum. Saiba mais neste artigo.

Banco Safra S/A
8001-51234
r Arcipreste Paiva, 187, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Financeira Alfa S/A Crédito Financiamento e Investimentos
(48) 3225-6570
av Mauro Ramos, 1450, Lj 1, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Fininvest Negócios de Varejo Ltda
(48) 2106-2950
r Felipe Schmidt, 399, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Crediveleiro Fomento Mercantil Ltda.
(48) 3225-0020
r Silva Jardim, 1050, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Costa Cash
(48) 3224-1261
r Ten Silveira, 200 S 305 Ed Atlas, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Banco BMG S/A
(48) 3223-6098
r Cristóvão Nunes Pires, 110, An 10 Sl 1001, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Banco Citibank S/A
8009-92484
r Bocaiúva, 1600, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Cooperativa de Economia e Credito Mutuo dos Militares Estaduais de Santa Catarina-credpom
(48) 3223-3646
av Rio Branco, 1064, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A
(80) 0541-8855
r Arcipreste Paiva, 135, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Banco do Estado de Santa Catarina S/A
(48) 3216-6500
pça Quinze de Novembro, 329, An 3, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Administração de Empresas - Visão Do Empreendimento

Visão além do alcance

A maioria das empresas que falham em seus primeiros anos de vida, falha por falta de planejamento. A etapa mais importante do planejamento é estabelecer uma “visão de futuro” clara, compreensiva, sucinta e realista. Esta é a fase do vai ou racha, e que para a grande maioria... Racha!

Mesmo as empresas que passaram pela fase de "start up" e estampam sua idade em seus logotipos. 10 anos, 20 anos, 30 anos de mercado, e ainda enfrentam o desafio constante de se reinventarem em busca de expandirem sua participação de mercado com rentabilidade.

Se você não sabe o que seu negócio vai virar no futuro, é muito provável que ele não vá para lugar nenhum. Não tem perigo de dar certo!

Quem quer saber sobre a visão da empresa? Seus diretores e gerência média, seus empregados e colaboradores, inclusive os talentosos que sua empresa não quer perder, potenciais investidores, seus clientes preferidos e bancos que vão emprestar o dinheiro para sua empresa crescer.

A visão deve estar relacionada com "o que" sua empresa quer se tornar no futuro, daqui a cinco ou dez anos. Funciona como uma “bússola” que a norteia no decorrer dos anos. Por ser uma das primeiras e mais importantes fases do planejamento estratégico, merece destaque e atenção dos recursos humanos mais talentosos da empresa que devem dedicar tempo e cuidados especiais para amadurecê-la e torná-la significativa.

Outro objetivo da visão é articular como será o ambiente competitivo. Portanto, assegure-se de que sua visão não “aterrisse” sua empresa numa zona de altíssima concorrência sem saber exatamente com que “armas” sua empresa se defenderá no caso de a rentabilidade da indústria simplesmente desaparecer.

Normalmente, não é uma regra, "a visão, deve colocar a empresa fora da zona de concorrência, num oceano calmo, azul e principalmente sem tubarões ferozes" (W. Chan Kim, Renée Mauborgne - Blue Ocean Strategy).

Assuma que sua visão deve permanecer inalterada por uma década. No entanto, isso não significa que a visão nunca deva ser mudada ou refinada. As condições de negócio ultimamente estão exigindo das empresas constantes adaptações. Numa situação em que uma mudança de ambiente exige uma mudança fundamental, renove sua visão!

Para que a declaração de visão seja eficiente, ela deve seguir os seguintes princípios:

Em poucas palavras deve capturar a essência, a idéia central da visão;
Deve capturar o que torna a empresa capaz, diferentemente das outras, de alcançar a meta visualizada;
Deve haver consenso entre os membros seniores da organização. Eles devem propagar o “orgulho” de trabalhar para empresa e transformá-lo em resultados;
A visão deve ir além dos limites da organização quando relacionados as suas competências atuais;
A visão deve ser real e compreensiva.
A seguir, algumas dicas que podem auxiliar, como facilitadoras, no desenvolvimento da visão.
[visão do que a empresa quer ser no futuro]
[características da empresa]
[como quer ser reconhecida]
[por quem quer ser reconhecida]
[como se diferencia da concorrência]
[competências que quer ressaltar]

Alguns exemplos:

“Ser a maior empresa de mineração do mundo e superar os padrões consagrados de excelência em pesquisa, desenvolvimento, implantação de projetos e operação de seus negócios.” - Vale do Rio Doce
“Seremos uma das cinco maiores empresas integradas de energia do mundo e a preferida pelos nossos públicos de interesse.” - Petrobrás
"Ser a melhor empresa de varejo do Brasil." - Lojas Americanas
“Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor.” – Gerdau
“Ser o Banco líder em performance e perene, reconhecidamente sólido e ético, destacando-se por equipes motivadas, comprometidas com a satisfação dos clientes, com a comunidade e com a criação de diferenciais competitivos.” – Itaú

Nori Lucio Jr

Nori Lucio Jr. é fundador da brandMe, ( www.brandme.com.br)especializada em planejamento estratégico. - 20 anos de experiência na indústria de tecnologia, com passagens pela gerência de marketing e comunicação na Intel® e Microsoft®. Formado em marketing, com especializações no Brasil e exterior, respondeu pelo desenvolvimento de vários projetos relacionados a construção de marca, marketing & comunicação e desenvolvimento de canais de vendas no Brasil, América Latina e Estados Unidos.

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com