A motivação e os negócios Ji-Paraná, Rondônia

Falaremos rapidamente da Teoria das Necessidades, de Maslow. E a teoria de motivação pela qual as pessoas estão motivadas para satisfazer diferentes tipos de necessidades. Veja mais abaixo.

BPN Creditus
(69) 3224-1708
av Campos Sales, 2384, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Capital Creci
(69) 3026-2168
av Getúlio Vargas, 2162 sl 9
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
T F dos Santos Jesus Me
(69) 3228-1473
r Jatuarana, 6113, Jd Eldorado
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
L & C Financeira Correspondente BMG
(69) 3224-5404
av Pinheiro Machado, 1661, São Cristovão
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Banco da Amazônia S/A
(69) 2181-2300
av Dutra,Pres, 2853, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Banco Santander Banespa S/A
(69) 3216-4300
r José de Alencar, 3022, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Brum & Cruz Fomento Mercantil
(69) 3224-1002
av 7 de Setembro, 2161 s 7 c, Ns das Graças
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A
(69) 3224-6747
av Dutra,Pres, 3080, Vl Aeronáutica
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Brasil Cred
(69) 3043-3582
av Campos Sales, 2677, Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Credifácil
(69) 3221-3131
r Joaquim Nabuco, 2180, São Sebastião II
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

A motivação e os negócios

Existem diversos enfoques teóricos em volta da motivação, mas para efeitos desta mensagem, falaremos rapidamente da Teoria das Necessidades, de Maslow: é a teoria de motivação pela qual as pessoas estão motivadas para satisfazer diferentes tipos de necessidades classificadas com certa ordem hierárquica.

A hierarquia de necessidades de Maslow se descreve em resumo como uma pirâmide que consta de 5 níveis: Os quatro primeiros níveis podem ser agrupados como necessidades do déficit; o nível superior se denomina como uma necessidade do ser. A idéia básica desta hierarquia é que as necessidades mais altas ocupam nossa atenção uma vez que se satisfizeram necessidades inferiores na pirâmide.

Segundo a pirâmide de Maslow disporíamos de:

- Necessidades fisiológicas básicas: São necessidades fisiológicas básicas para manter a homeóstase

- Necessidades de Segurança: Surgem da necessidade que a pessoa se sinta segura e protegida

- Necessidades de sociais ou de amor: Estão relacionadas com o desenvolvimento afetivo do indivíduo, são as necessidades de associação, participação e aceitação

- Necessidades de Reconhecimento: Se referem à maneira em que se reconhece o trabalho pessoal, se relaciona com a auto-estima

- Necessidades de Auto-realização: São as mais elevadas, se encontram acima da hierarquia, através de sua satisfação pessoal, encontram um sentido à vida mediante o desenvolvimento de seu potencial em uma atividade

Maslow definiu na sua pirâmide as necessidades básicas do indivíduo de uma maneira hierárquica, colocando as necessidades mais básicas ou simples na base da pirâmide e as mais relevantes ou fundamentais no ápice da pirâmide, à medida que as necessidades vão sendo satisfeitas ou alcançadas surgem outras de um nível superior ou melhor. Na última fase se encontra com a “auto-realização” que não é mais que um nível de plena felicidade ou harmonia.

A teoria de Maslow diz que as necessidades inferiores são prioritárias, e portanto, mais potentes que as necessidades superiores da hierarquia. Somente quando a pessoa consegue satisfazer as necessidades inferiores, entram gradualmente no seu conhecimento as necessidades superiores, e com isso a motivação para poder satisfazê-las.

Em algumas ocasiões, muitas pessoas sentem que sua motivação diminui ou desaparece totalmente. Quando isto acontece, tende a se paralisar e a não avançar. Você pode se sentir frustrado porque não progride. Uma maneira de estar motivado é se vendo prosperar; mas se isso não acontece, não se sente motivado e vice-versa.

Quando quer aumentar tua motivação, é útil lembrar que existe uma diferença entre motivação e inspiração. A motivação é uma fonte externa que te anima e te proporciona idéias. A inspiração vem de dentro e o ânimo e as idéias são propriamente tuas. Quando vem de dentro é tua e você se sente inspirado. Quando você se sente inspirado você atua, e atuar é o código para conseguir o que quer, seja melhorar teu negócio, realizar mudanças em tua vida ou progredir para concretizar teus sonhos.

Se você é um empreendedor ou você trabalha de forma independente, é muito importante que você tenha a capacidade de se auto-motivar, e isto é por que uma pessoa que empreende seu próprio projeto terá muita pressão (econômica, familiar, psicológica, etc.) além de muitos outros obstáculos que constantemente lhe estarão convidando a desistir, dizem por aí que “Um empreendedor bem-sucedido não é o que tem sucesso de primeira se não aquele que ao cair tem a força suficiente para se levantar e alcançar o sucesso”, e não é possível alcançar isto se não se tem mentalidade positiva e motivação suficiente.

E uma das melhores atitudes de se auto motivar é indo a conferências ou lendo livros da especialidade. E bem, talvez você diga, eu não preciso ler essas coisas, essas coisas são para gente que sofre de depressões, etc., enfim, sempre encontramos um bom pretexto para justificar nossa falta de vontade de auto-motivarmos e não ler esses livros.

Mas de verdade, creio que, a leitura desses livros vai fazer você mudar a maneira de ver a vida e de ver os problemas e tudo isto para teu bem. E o mais importante te dará a motivação para superar os obstáculos que vão aparecendo no seu empreendimento.

Há muitos livros, mas existe um muito bom e no pessoal devo muito a este livro já que foi o que me motivou para vencer os obstáculos que apareceram em meu empreendimento, e o mais importante mudou a minha forma de ver a vida, agora sou muito mais positivo e, portanto mais feliz do que era antes de ler este livro, de fato o tenho lido várias vezes.

Refiro-me ao livro de Robert Kiyosaki Pai Rico Pai Pobre; compartilha conosco as lições que aprendeu de seu “pai rico”, o homem que se transformaria no seu mentor quando, na idade de 9 anos, teve a inquietação de aprender o processo de ganhar dinheiro. Sendo um menino, teve a oportunidade de iniciar a aprendizagem de conceitos que o transformariam mais adiante em um homem imensamente rico. Estes conceitos são explorados através das páginas deste livro e ordenados em lições de uma especial singeleza e claridade.

Através de freqüentes comparações entre as diferentes formas de pensar de seu pai rico e seu pai pobre, Robert analisa os esquemas mentais que costumam manter uma pessoa instruída na pobreza, e que por outro lado podem levar uma pessoa sem instrução à riqueza.

A preocupação de Kiyosaki é complementar a deficiente formação escolar no que se refere às finanças. Tal como ele mesmo o expressa: A principal razão pela qual as pessoas lutam financeiramente, é porque passaram anos em escolas mas não aprenderam nada sobre o dinheiro; o resultado é que as pessoas aprendem a trabalhar pelo dinheiro, mas nunca aprendem a ter dinheiro trabalhando para eles.

Mas existe uma infinidade de livros, muitos dos quais nos permitiram abrir caminho cada vez que nos desanimamos ou começamos a pensar que talvez este não é o caminho em busca do sucesso e a liberdade financeira. Outros títulos que me influenciaram de maneira importante são: do mesmo Kiyosaki, O Quadrante do Fluxo de Dinheiro; de Napoleon Hill, Pense e Fique Rico e A Atitude Mental Positiva; de Dale Carnegie, Como Ganhar Amigos e Influenciar Pessoas, e muitos mais.

Concluindo, Muitos experts em negócios vêem a motivação como a energia vital que permite a realização de um projeto. É fácil estar motivado antes de começar um negócio, quando seus pensamentos estão focalizados no que se tem que fazer. Mas quando começa e o sucesso demora mais do que você imaginou, possivelmente a motivação se dilua. Uma bmotivação baixa pode resultar em um menor compromisso com teu negócio e isso diminui dramaticamente tuas possibilidades de sucesso no futuro. Por isso, considere as seguintes sugestões:

1. Escolha um negócio relacionado com algo que verdadeiramente você ame

2. Desenhe um plano para teu negócio próprio e para teu próprio futuro

3. Inclua estratégias de marketing ambiciosas em teu plano de negócios.

Fonte: http://www.aprenderyemprender.com/boletin/boletin_002/boletin_002_articulo1.html

Clique aqui para ler este artigo na Sua Mente